Texto para Discussão

no 40

Identificando bens patrimoniais em cidades do baixo São Francisco: Metodologia e caracterização

ZANCHETI, Sílvio Mendes, LORETTO, PONTUAL, Virgínia Pitta e CARNEIRO, Ana Rita Sá


Resumo:

Este artigo apresenta uma metodologia de identificação de bens patrimoniais. A metodologia foi aplicada nos municípios de Água Branca, Olho d’Água do Casado e Delmiro Gouveia, no Estado de Alagoas, na região oeste do Baixo São Francisco. A metodologia inter-relaciona a pesquisa histórico-documental e a leitura da morfologia urbana in situ. A pesquisa histórico-documental é calcada no método histórico, que permite reconhecer as dimensões que definem e caracterizam os bens patrimoniais materiais. Como resultado da aplicação do método, foi identificado um conjunto de 29 bens patrimoniais passíveis de proteção. Os bens patrimoniais identificados encontram-se, em grande parte com suas feições primevas intactas ou com pequenas alterações que não ferem os princípios de autenticidade Constituem-se um acervo significativo e de valor histórico e artístico do Brasil.

#baixosaofrancisco

#delmirogouveia

#paisagemcultural

Você pode solicitar mais informações

Apoio:

O Portal Gestão de Restauro é administrado pela equipe do CECI-Educação  @2020

  • Gestão de Restauro CECI
  • CECI-Educação
  • Jorge E. L. Tinoco
  • Ícone do Twitter Cinza
  • Ícone do Facebook Cinza
  • Ícone do Instagram Cinza