Texto para Discussão

no 57

Declaração de Significância de Exemplares da Arquitetura Moderna

 

ZANCHETI, Sílvio Mendes et HIDAKA, Lúcia T. Ferreira


Resumo:

A conservação da significância cultural de edifícios do movimento moderno, após quase um século das suas primeiras manifestações, ainda é um desafio aos conservadores e sociedade em geral. O consenso sobre os valores passíveis de conservação entre os envolvidos com esses bens é de difícil alcance, o que complica de sobremaneira a construção da significância e consequentemente uma validação coletiva desta. Ora, o problema da determinação da significância da arquitetura moderna é o primeiro passo para uma efetiva gestão da conservação desses exemplares à posteridade.

Este artigo procura refletir sobre a construção da significância cultural dos edifícios exemplares da arquitetura do movimento moderno, a partir da reflexão sobre a significância cultural e os valores dos bens culturais, apresentando uma proposta de avaliação da mesma através de critérios como representatividade, raridade, completude ou integridade, autenticidade e potencial interpretativo. Espera-se, com isso, contribuir para o planejamento das intervenções na arquitetura do movimento moderno, sob a ótica da construção e conservação da significância cultural desses edifícios.

#teoriadaconservacao

#arquiteturamoderna

#teoriadarestauracao

Você pode solicitar mais informações

Apoio:

O Portal Gestão de Restauro é administrado pela equipe do CECI-Educação  @2020

  • Gestão de Restauro CECI
  • CECI-Educação
  • Jorge E. L. Tinoco
  • Ícone do Twitter Cinza
  • Ícone do Facebook Cinza
  • Ícone do Instagram Cinza