Texto para Discussão

no 61

Benefits of Using Qualitative Ethnographic Methodology in the Evaluation of Preservation Training Programs Performance in Developing Countries: A Case Study of the Northeast Region of Brazil

 

PENNA, Karla Nunes et TAYLOR, Elizabeth


Resumo:

O texto trata desafio para as instituições e profissionais do estabelecimento de parâmetros para avaliar o desempenho dos programas de formação de preservação nos países em desenvolvimento. Os avaliadores dos programas de formação, criados dentro de contextos sociais, econômicos e políticos agressivos onde a preservação do patrimônio não é geralmente vista como uma componente essencial do desenvolvimento urbano, precisa estar consciente das questões da pobreza e da desigualdade social quando estabelecerem os níveis de qualidade adequados para programas de treinamento. Avaliações realizadas em tais ambientes exigem reflexões pessoais e compreensão profunda do contexto social, o que implica que as avaliações do programa não devem depender inteiramente de métodos quantitativos formais. A coleta de informações qualitativas, especificamente através de metodologia etnográfica, fornece em profundidade insights sobre as experiências dos indivíduos, grupos e comunidades e destaques de outra forma questões "invisíveis". O objetivo deste artigo é apresentar alguns dos benefícios da utilização da etnografia para a avaliação dos centros de formação em conservação de desempenho que é baseado em padrões "mais realista". Neste trabalho, apresenta-se um estudo de caso etnográfico avaliativo, realizado em cidades situadas no Nordeste do Brasil, consideradas Patrimônio Mundial pela UNESCO.

#teoriadarestauracao

#espacoliturgico

#projetoderestauracao